25 janeiro, 2011

Meu e de mais ninguém,


Eu passo por coisas que acabam comigo e não conto para ninguém. Estou naqueles momentos silenciosos em que pouca coisa parece fazer sentido. Porque eu me fecho em um mundo pequeno, que me da forças , que me preserva, que me isola e que, por mais rara esta ocasião, me abandona. A ausência das pessoas levam a isso, a ausência do amor e a falta de amigos. Todos tivemos e teremos dias ruins, não faça como eu e aprenda com esses dias, pois eles lhe darão forças. Confie e desconfie de todos, amigos e inimigos, confie e desconfie da vida em si, ela pode parecer boa, mas quando menos esperar ela vai te derrubar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário