26 dezembro, 2010


Não é necessário estar enfeitiçado para lhe dizer tão sublimes palavras o encanto que tu tens não hipnotiza como forma de maldade mas demonstra que o destino ainda traz a felicidade.

O mundo busca a perfeição mas do que adianta tanta perfeição quando não existe um coração? Ter um coração, isso é a completa perfeição ainda bem que conheço um coração assim um coração que bate nesse seu peito. A verdadeira explosão de um sentimento encontra-se no olhar independentemente se este olhar está perto ou longe e é esse olhar que tens estampado em tua face que estremece minha alma tão pequena.

Qual sabor deve ter o beijo desses lábios? Essa é uma dúvida que permanece em minhas questões, mas tenho certeza que deve ser como beijar o céu que deve ser uma sensação de extrema explosão só sei que o teu olhar permanecerá em minha mente como as estrelas que admiro todas as noites...

17 dezembro, 2010

Pra sempre acreditado.


Eu te amei pra sempre. Irás se perguntar como eu amei pra sempre. Alguém sabe quanto é o pra sempre? Alguém algum dia disse quanto durava o pra sempre ? O mais racional que faz o homem é acreditar na ciência e dizer que pra sempre dura infinitamente. Mas eu penso diferente, pra sempre pode durar minutos, horas , anos e assim por diante. Quero dizer se você acredita em algo, dirá que é pra sempre até que seu pra sempre acaba, porque não acredita mais. Por tanto é pra sempre enquanto durar.
Assim como eu, te amei pra sempre, porque por um tempo te amei e disse que era pra sempre então em quanto durou foi pra sempre. Amigos, sim eu tive, e foram amizades que levei pra sempre, porque pra sempre foi em quanto durou. A vida é assim as coisas duram pra sempre em quanto são. O nascer é pra sempre até que você morre, então depois da morte o nascer foi pra sempre em quanto viveu.
Eu acreditarei em sonhos pra sempre, assim quando meu sonho se realizar e eu não quiser mais sonhar, não mais acreditar. Terei pra sempre acreditado.

14 dezembro, 2010

Síndrome de Alice



Sigo sem caminho ou direção aparente. Lembro do Cheshire dizendo à Alice que quando não se sabe aonde ir, qualquer direção serve. Só que eu sempre achei que sabia exatamente para onde estava indo. Agora não sei mais. É como se todas as placas de sinalização tivessem sido atiradas para longe no meio desse vendaval. Há árvores retorcidas e caídas na beira da estrada. O caminho é tortuoso. Queria avançar, mas, para onde eu ja nem sei e o regresso é impossível. Perdi dos olhos os restos de sol e das mãos as esperanças do amanhã embaladas pra viajem. O céu sem nuvens não traz de descanso. A cavidade onde deveria haver um coração esta vazia e ecoa meus passos perdidos. E assim, não vejo para onde vou. E avanço às cegas para um realidade irreal e exasperante. Só o que vejo é o nada que tenho a minha frente. Sem montanhas. Sem velas. Sem mar virando a encosta. Sem pássaros no céu. Ou pôr-do-sol esperando. Fujo de mim, mesmo me tendo à mão. Perdida sempre entre o tudo que vai e o nada que vem. Toco o vazio que fica grudado à minha pele. Só o fim e nada mais.
Perdi a rota para o País das Maravilhas. Imaginei tudo e no meio do sonho fiquei fora dele no último segundo. Imaginei tudo que quis e tudo me faltou. Faltou a tua mão no final da minha mão para me erguer e quem sabe mostrar o caminho... mesmo ele sendo uma rota de colisão com tudo que eu era. Agora, quando nada tenho, só quero calçar os pés com o universo e arranhar o mundo ...e no fim a unica coisa que arranho é a minha alma já multilada. Não faz diferença eu tenho tantas cicatrizes ... ganhei-as por tentar a todo custo remover blocos de metal perene. Eles nem se moveram.

09 dezembro, 2010

Espero que mude.


Ano que vem talvez não fale com as mesmas pessoas, não confie nos mesmos amigos, não vá mais aos mesmos lugares que vou hoje, talvez esteja namorando ou continue solteira, talvez mude de casa, talvez pense em um outro alguém, todo ano é cheio de mudanças boas e ruins, todo ano você conhece novas pessoas enquanto outras saem de sua vida, todo ano você ganha uma mania diferente, resumindo todo ano você muda independente de querer ou não, você cresce, amadurece, tem outros planos e idéias, continua tendo uma personalidade única, muda por fora também, tudo muda com o tempo, a vida é cheia de mudanças e querendo ou não temos que aceitá-las, e elas nem sempre vão agradar á todos.

08 dezembro, 2010

Desde o jardim de infância.


Nós nos conhecemos no jardim de infância. Nós éramos melhores amigos. Ela sempre me disse que amava os meus olhos. Eu não sei bem porquê. Eu estava apaixonado por ela, então é claro que meu rosto se iluminava imensamente quando ela dizia isso. Ela era bonita, gentil e muito engraçada. Podíamos estar falando nada, e ela virava para mim e sussurrava: “Eu gosto de seus olhos.”
Um dia, eu estava jogando basquete, esperando por ela para ir até minha casa para jogar comigo. De repente, eu recebi uma ligacão. Era sua mãe. Ela estava em pânico. Eu não conseguia entender o que estava dizendo. Parecia que, “Aaron, venha rápido! Kelsey, sofreu um acidente na rua principal. Sangue. Venha agora!” Eu não tinha ideia do que havia acontecido, então eu corri para a rua principal com minha bermuda de basquete e uma camiseta. Eu vi a mãe de Kelsey chorando desesperadamente, esperando a ambulância chegar. Eu vi um carro atingido e sangue por toda parte. Então eu vi, Kelsey. ( continua no topico. )
Meu coração parou quando eu corria freneticamente até ela. “Kelsey? Kelsey!” Ela estava inconsciente. Eu comecei a chorar. Eu sei que não é muito masculino, mas eu não poderia ajudá-la. Antes que eu pudesse dizer mais, os médicos levaram-a embora, com um sangue jorrando de sua cabeça. Fui para o hospital naquela noite e fui todas as noites. Na verdade, a única vez que saí era para comer, mas só isso. Os médicos tentaram me levar para sair, mas eu recusei. Foi tudo culpa minha. Se não fosse por mim, querendo jogar basquete com ela, ela não estaria passando por isso. Já era quatro dias, e ela não acordou. No quinto dia, eu vi os olhos suavemente abertos. “Kelsey?” Eu disse. Ela não estava completamente acordada ainda. De repente, os médicos vieram correndo, me dizendo que eu tinha de esperar lá fora. Eu fiquei, por algumas horas. Um dos médicos finalmente saiu dizendo:
“Eu sei que você é amigo de Kelsey, Aaron?”
“Sim”, eu sussurrei. Ele mordeu o lábio.
“Ela acordou, ela está bem, mas tenho medo que ela tenha uma perda de memória por um longo prazo.”
“Você está falando sério?” Eu quase gritei.
“Temo que sim.” Eu não encontrei seu olhar. Eu não podia. Eu não ia dizer nada, então ele falou novamente.
“Você pode ir vê-la se quiser, mas ela não lembra de nada, nem mesmo da mãe dela.” Eu entrei, tremendo de terror. Eu a vi. Ela olhou impotente enquanto dormia. Esperei algumas horas, até que eu vi seus olhos abrindo suavemente novamente. Ela olho em meus olhos, e sussurrou: “Eu não te conheco, mas eu gosto de seus olhos.”

06 dezembro, 2010

Em meio a tanta falsidade,



e hipocrisia hoje em dia, quem é quem pra falar de alguém? Quem é quem pra criticar ? Quem é quem pra dizer o que fazer?
Em meio a tanta hipocrisia, em meio a tanta falsidade.Quem é quem ?
Se no fim vamos ser manipulados pelos mesmos. Se no fim acabaremos como mais uma peça de xadrez, apenas manipulada para derrubar o adversário.
Quem seria quem se não apenas manipuladores ou manipulados ? Antes ser manipulador que manipulado, mas de que vai adiantar, sedo ou tarde será manipulado. Como uma simples peça de xadrez. Em meio a tanta falsidade, em meio a tanta hipocrisia.

Errar para crescer.


Os Erros que cometi me fizeram sofrer,e sofrer me fez amadurecer. Errei em amar demais pessoas que não me valorizavam,
em ser sincera com amigos falsos, errei em deixar transparecer minhas emoções. Bom mesmo seria se eu não precisasse sofrer tanto para amadurecer, apanhar da vida, para perceber que eu sou importante para mim mesma.
Mas, tenho plena convicção de que nessa vida todos sofrem por algo, isso faz parte da vida de todo ser humano.
Embora eu tenha sofrido, me machucado, chorado bastante, hoje sei que isso foi crucial para que eu me tornasse uma pessoa melhor, uma pessoa mais forte, uma mulher...