13 outubro, 2010

Sinto algo por tu.


Não consigo explicar, mas é um sentimento que está dentro de mim. Quando olho para tu, penso que é tempo que estou a perder, mas ao mesmo tempo não consigo parar de olha-te e esquecer-te. Estou de luto pois te ter é quase impossível, é como tentar pegar fumaça com as mãos, por um breve segundo as tem e no segundo seguinte as perde. Quando penso em tu minha cabeça começa a girar, o meu coração a gritar, apesar da minha razão abafar seus gritos de amor, e neste momento me pergunto: o que tu fez para ser especial assim ? O que há em tu que não há em ninguém mais? Por que anseio em te ter a todo momento? É quase como sede enquanto não te tiver em minhas mãos não estarei satisfeita. Um dia jurei esquecer-te. Mas pelo pouco que vejo e por tudo que sinto este dia há de demorar, viveremos uma historia juntos por mais triste que seja, em algum dia eu irei saciar a minha sede..

Nenhum comentário:

Postar um comentário