26 outubro, 2010

Post especial para você.

O que fazer quando se quer falar e não tem ninguém para ouvir? Quando os amigos estão ocupados demais para te escutar? E mais uma vez, vou escrever, procuro lápis e papel escrever outra carta, que não vou te enviar.
Agora!
Restou o vazio!
Essa saudade, essa vontade de ter, o que eu não posso ter.
Que loucura!
Esse sofrimento, que se prolonga a cada toque do telefone,solidão que não passa.Fendas que nada pode preencher,vazio, que nada pode ocupar,quanta dor, até me confundo. Agora sei que o amor e a dor andam juntos. Lágrimas brotam do coração, e molham o meu rosto
Cada vez que sua lembrança vem em mim. Lágrimas que você não vê! Sofrimento que você não viu.
E agora me sinto tão abandonada, tão só. E você onde está? Certamente estás com outro alguém.
Alguém que não sei se será capaz de te amar como eu.
Quanta saudade!
Saudade de um sonho não sonhado, de um amor que existiu e não foi realizado,queria tanto ouvir sua voz novamente. Sua voz dizendo "fica comigo". Mas essas palavras são minhas. Na verdade eu estou aqui. Implorando por ti... Por um pouquinho de você. Não sei se realizarei os meus desejos de te ter outra vez. É, pelo menos em meus sonhos eu tenho você. Pensei em algumas coisas, para te dizer:
Por isso amor, vou me resumir: Eu ainda não te esqueci, mas não é por isso que deves afastaste de mim, pois eu sinto sua falta, falta daquilo que não foi e daquilo que best.

Um comentário: