09 outubro, 2010

The end ..



Miseravelmente sozinha, arrependida das escolhas que não voltam para trás miserável, infeliz, desamparada, procuro aquele fim que tardo em ter coragem para concretizar afinal que sentido tem esta minha vida? Porquê a tristeza teima em entrar? Não deixo nada para trás de mim, refugio-me na magia do infinito,e desapareço sem ser notada...Não faço falta. Nada,sinto um vazio,é o fim .

Nenhum comentário:

Postar um comentário