26 dezembro, 2010


Não é necessário estar enfeitiçado para lhe dizer tão sublimes palavras o encanto que tu tens não hipnotiza como forma de maldade mas demonstra que o destino ainda traz a felicidade.

O mundo busca a perfeição mas do que adianta tanta perfeição quando não existe um coração? Ter um coração, isso é a completa perfeição ainda bem que conheço um coração assim um coração que bate nesse seu peito. A verdadeira explosão de um sentimento encontra-se no olhar independentemente se este olhar está perto ou longe e é esse olhar que tens estampado em tua face que estremece minha alma tão pequena.

Qual sabor deve ter o beijo desses lábios? Essa é uma dúvida que permanece em minhas questões, mas tenho certeza que deve ser como beijar o céu que deve ser uma sensação de extrema explosão só sei que o teu olhar permanecerá em minha mente como as estrelas que admiro todas as noites...

17 dezembro, 2010

Pra sempre acreditado.


Eu te amei pra sempre. Irás se perguntar como eu amei pra sempre. Alguém sabe quanto é o pra sempre? Alguém algum dia disse quanto durava o pra sempre ? O mais racional que faz o homem é acreditar na ciência e dizer que pra sempre dura infinitamente. Mas eu penso diferente, pra sempre pode durar minutos, horas , anos e assim por diante. Quero dizer se você acredita em algo, dirá que é pra sempre até que seu pra sempre acaba, porque não acredita mais. Por tanto é pra sempre enquanto durar.
Assim como eu, te amei pra sempre, porque por um tempo te amei e disse que era pra sempre então em quanto durou foi pra sempre. Amigos, sim eu tive, e foram amizades que levei pra sempre, porque pra sempre foi em quanto durou. A vida é assim as coisas duram pra sempre em quanto são. O nascer é pra sempre até que você morre, então depois da morte o nascer foi pra sempre em quanto viveu.
Eu acreditarei em sonhos pra sempre, assim quando meu sonho se realizar e eu não quiser mais sonhar, não mais acreditar. Terei pra sempre acreditado.

14 dezembro, 2010

Síndrome de Alice



Sigo sem caminho ou direção aparente. Lembro do Cheshire dizendo à Alice que quando não se sabe aonde ir, qualquer direção serve. Só que eu sempre achei que sabia exatamente para onde estava indo. Agora não sei mais. É como se todas as placas de sinalização tivessem sido atiradas para longe no meio desse vendaval. Há árvores retorcidas e caídas na beira da estrada. O caminho é tortuoso. Queria avançar, mas, para onde eu ja nem sei e o regresso é impossível. Perdi dos olhos os restos de sol e das mãos as esperanças do amanhã embaladas pra viajem. O céu sem nuvens não traz de descanso. A cavidade onde deveria haver um coração esta vazia e ecoa meus passos perdidos. E assim, não vejo para onde vou. E avanço às cegas para um realidade irreal e exasperante. Só o que vejo é o nada que tenho a minha frente. Sem montanhas. Sem velas. Sem mar virando a encosta. Sem pássaros no céu. Ou pôr-do-sol esperando. Fujo de mim, mesmo me tendo à mão. Perdida sempre entre o tudo que vai e o nada que vem. Toco o vazio que fica grudado à minha pele. Só o fim e nada mais.
Perdi a rota para o País das Maravilhas. Imaginei tudo e no meio do sonho fiquei fora dele no último segundo. Imaginei tudo que quis e tudo me faltou. Faltou a tua mão no final da minha mão para me erguer e quem sabe mostrar o caminho... mesmo ele sendo uma rota de colisão com tudo que eu era. Agora, quando nada tenho, só quero calçar os pés com o universo e arranhar o mundo ...e no fim a unica coisa que arranho é a minha alma já multilada. Não faz diferença eu tenho tantas cicatrizes ... ganhei-as por tentar a todo custo remover blocos de metal perene. Eles nem se moveram.

09 dezembro, 2010

Espero que mude.


Ano que vem talvez não fale com as mesmas pessoas, não confie nos mesmos amigos, não vá mais aos mesmos lugares que vou hoje, talvez esteja namorando ou continue solteira, talvez mude de casa, talvez pense em um outro alguém, todo ano é cheio de mudanças boas e ruins, todo ano você conhece novas pessoas enquanto outras saem de sua vida, todo ano você ganha uma mania diferente, resumindo todo ano você muda independente de querer ou não, você cresce, amadurece, tem outros planos e idéias, continua tendo uma personalidade única, muda por fora também, tudo muda com o tempo, a vida é cheia de mudanças e querendo ou não temos que aceitá-las, e elas nem sempre vão agradar á todos.

08 dezembro, 2010

Desde o jardim de infância.


Nós nos conhecemos no jardim de infância. Nós éramos melhores amigos. Ela sempre me disse que amava os meus olhos. Eu não sei bem porquê. Eu estava apaixonado por ela, então é claro que meu rosto se iluminava imensamente quando ela dizia isso. Ela era bonita, gentil e muito engraçada. Podíamos estar falando nada, e ela virava para mim e sussurrava: “Eu gosto de seus olhos.”
Um dia, eu estava jogando basquete, esperando por ela para ir até minha casa para jogar comigo. De repente, eu recebi uma ligacão. Era sua mãe. Ela estava em pânico. Eu não conseguia entender o que estava dizendo. Parecia que, “Aaron, venha rápido! Kelsey, sofreu um acidente na rua principal. Sangue. Venha agora!” Eu não tinha ideia do que havia acontecido, então eu corri para a rua principal com minha bermuda de basquete e uma camiseta. Eu vi a mãe de Kelsey chorando desesperadamente, esperando a ambulância chegar. Eu vi um carro atingido e sangue por toda parte. Então eu vi, Kelsey. ( continua no topico. )
Meu coração parou quando eu corria freneticamente até ela. “Kelsey? Kelsey!” Ela estava inconsciente. Eu comecei a chorar. Eu sei que não é muito masculino, mas eu não poderia ajudá-la. Antes que eu pudesse dizer mais, os médicos levaram-a embora, com um sangue jorrando de sua cabeça. Fui para o hospital naquela noite e fui todas as noites. Na verdade, a única vez que saí era para comer, mas só isso. Os médicos tentaram me levar para sair, mas eu recusei. Foi tudo culpa minha. Se não fosse por mim, querendo jogar basquete com ela, ela não estaria passando por isso. Já era quatro dias, e ela não acordou. No quinto dia, eu vi os olhos suavemente abertos. “Kelsey?” Eu disse. Ela não estava completamente acordada ainda. De repente, os médicos vieram correndo, me dizendo que eu tinha de esperar lá fora. Eu fiquei, por algumas horas. Um dos médicos finalmente saiu dizendo:
“Eu sei que você é amigo de Kelsey, Aaron?”
“Sim”, eu sussurrei. Ele mordeu o lábio.
“Ela acordou, ela está bem, mas tenho medo que ela tenha uma perda de memória por um longo prazo.”
“Você está falando sério?” Eu quase gritei.
“Temo que sim.” Eu não encontrei seu olhar. Eu não podia. Eu não ia dizer nada, então ele falou novamente.
“Você pode ir vê-la se quiser, mas ela não lembra de nada, nem mesmo da mãe dela.” Eu entrei, tremendo de terror. Eu a vi. Ela olhou impotente enquanto dormia. Esperei algumas horas, até que eu vi seus olhos abrindo suavemente novamente. Ela olho em meus olhos, e sussurrou: “Eu não te conheco, mas eu gosto de seus olhos.”

06 dezembro, 2010

Em meio a tanta falsidade,



e hipocrisia hoje em dia, quem é quem pra falar de alguém? Quem é quem pra criticar ? Quem é quem pra dizer o que fazer?
Em meio a tanta hipocrisia, em meio a tanta falsidade.Quem é quem ?
Se no fim vamos ser manipulados pelos mesmos. Se no fim acabaremos como mais uma peça de xadrez, apenas manipulada para derrubar o adversário.
Quem seria quem se não apenas manipuladores ou manipulados ? Antes ser manipulador que manipulado, mas de que vai adiantar, sedo ou tarde será manipulado. Como uma simples peça de xadrez. Em meio a tanta falsidade, em meio a tanta hipocrisia.

Errar para crescer.


Os Erros que cometi me fizeram sofrer,e sofrer me fez amadurecer. Errei em amar demais pessoas que não me valorizavam,
em ser sincera com amigos falsos, errei em deixar transparecer minhas emoções. Bom mesmo seria se eu não precisasse sofrer tanto para amadurecer, apanhar da vida, para perceber que eu sou importante para mim mesma.
Mas, tenho plena convicção de que nessa vida todos sofrem por algo, isso faz parte da vida de todo ser humano.
Embora eu tenha sofrido, me machucado, chorado bastante, hoje sei que isso foi crucial para que eu me tornasse uma pessoa melhor, uma pessoa mais forte, uma mulher...

23 novembro, 2010

Esquecer alguém em 5 dias.



Esquecer alguém é sempre uma tarde difícil e dolorosa. Infelizmente ou felizmente não temos um botão em nosso coração com a função de delete ou ctrl z. Temos que fazer isso manualmente, e para isso, precisamos de tempo. Algumas vezes, muito tempo. Certas (quase sempre erradas) pessoas marcam, algumas negativamente outras positivamente. E você querendo ou não, você acaba sempre se acostumando. Seja com a dor, ou com o amor. E mais difícil que lidar com isso, é perder isso. É sobre isso que falaremos no post de hoje, sobre como lidar e superar essa perda.
1° Dia Eu sei que as coisas ainda estão muito recentes, sua cabeça esta confusa e você não sabe o que fazer. O você sabe, o primeiro passo é sempre o mais difícil l. Primeiramente você deve parar de ficar entrando no orkut dele, eu sei o quanto é difícil mas você tem que tentar. Entenda, isso é como pedir para sofrer, você sabe que terão recados que irão te deixar mal, é melhor ficar em dúvida do que ter a certeza. Dói menos… Muito menos. Se não consegue simplesmente não entrar, delete-o. Tenho certeza que você não vai ter cara de adicionar de novo, e se a página de recados for trancada, ainda melhor.
2° Dia Você já não se aguenta mais de tanta agonia, não precisa esconder de mim. Eu sei que hoje você não resistiu e entrou no orkut dele. Não se preocupe isso é perfeitamente normal, essa vontade vai sumir com o tempo. Hoje é dia de pensar em outras coisas, que tal tirar algumas fotos? Veste umas roupas bem bonitas e faz uma maquiagem bem legal e tire AQUELAS fotos! Aquelas que todo mundo comenta (isso com certeza vai chegar ao ouvido dele, talvez ele se interesse e veja, talvez não… Mas isso não é o que importa agora) o quanto você está linda. Se destraia, se divirta. Faça o que você gosta de fazer, algo que ocupe toda a sua mente. (Não deixe tempo para você pensar em b-o-b-a-g-e-n-s.)
3° dia Hoje é dia de conhecer gente nova. Sabe aquele garoto que mora na rua ao lado e que você SEMPRE teve vontade de conversar? Pois então chegou a hora. Adicione ele no orkut e mande um recado legal, elogie a foto comente o texto do perfil, seja criativa. Converse sobre coisas que ele gosta, se informe. Seja engraçada mas não vulgar. Tenha interesse pelo o que ele diz mas não reclame se ele demorar a responder. Conte coisas engraçadas que aconteceram com você e não fale que ama ele logo de cara. (Isso assusta qualquer um!)
4° dia Se estiver com muita vontade de conversar com o “seu novo amigo”, acredite você esta indo pelo caminho certo. Se ainda não encontrou alguém para se ocupar continue procurando, talvez você já até tenha um amigo assim e não percebe preste atenção. Não desabafe demais, conte os seus problemas de uma maneira que ele possa te ajudar, não deixe que ele tenha pena de você. Por mais que as lembranças ainda te incomodem… Calma! Elas devem estar indo embora.
5° dia Já conversou o bastante, conheceu o bastante que tal marcar para sair? Não estou falando nada sobre ficar, beijar ou namorar. Você nesse momento não deve estar pensando em nada sério. Mas as vezes dar uma risada “ao vivo” é mais divertido que pelo MSN! Se apronte, não vista roupa curta demais, nem batom vermelho (talvez ele não queria se borrar ), pinte a unha de uma maneira diferente, para ela elogiar… Traduzindo: faça tudo que puder, mas sempre sendo você.
Talvez você já nem sinta falta do seu antigo amor, talvez ainda se lembre dele as vezes. Tudo isso é normal. Se encontrar ele na rua seu coração corre ainda o risco de acelerar, são aquelas malditas borboletas. Pouco a pouco elas vão morrendo e renascendo de novo, só que agora por alguém que realmente merece.
“A melhor maneira de esquecer um passado, é criar outro.”

Somente por um dia.


Coração na boca, mãos suadas, respiração intensa, o clichê de sempre: você está apaixonada. Só que dessa vez é por alguém que mal sabe da sua existência, o chamado amor platônico. Acontece andando na rua, num lance de escada, saindo do ônibus. É olhar para o lado e ver que tem alguém te olhando, mas não do jeito que você olhou. Alguns segundos bastam pra você cair de amores, procurar tudo sobre ele na Internet, investigar a vida pessoal. Eis que você o acha no orkut, e vocês começam a conversar. Vocês viram amigos. Eu chamaria isso de pseudo-amor-platônico, já que na maioria desses amores o cara nem sabe que você existe. E como há uma amizade entre vocês, eu diria que mais da metade do caminho já está andado. Mas você quer ficar parada. A questão é que, como num bom amor platônico (ou pseudo-platônico) que se preze, ele não faz a mínima idéia de que você gosta dele. É nessa hora que aparece a dificuldade de amar. A relação de amizade é tão bonita a ponto de você ter medo do que sente. É difícil olhar nos olhos dele e ter que escutar com quem ele passou noite passada. É pior não escutar. Com isso, o que era pra ser uma relação saudável e primeiro passo para um namoro sincero, começa a ser assombrado pelo fantasma da indecisão, que é a amizade, amor, medo e dificuldade em uma palavra só. Isso tudo implica para um afastamento inevitável entre vocês – que no fim você verá que foi saudável. As conversas diminuem e as promessas de “vamos combinar alguma coisa” não vingam. Nunca vingam. O amor vai sumindo, sumindo, sumindo. Vira um grão de açúcar no seu coração amargo. E, magicamente (na teoria), você desencanta. Isso é algo tão natural que seria uma grosseria eu dar qualquer conselho nesse texto. Porque você sempre (re)começa a querer outras coisas, outros caras. Lembra de tudo com carinho, mas prefere do jeito que ficou. Porque você sabe que, apesar de tudo, não passava da menina que ele viu saindo do ônibus certa vez.

Jogar amor para sempre.


O cara me amava, e eu nem o notava.
Eu o enxerguei e ele desapareceu.
Pra sempre.
Gostaria de dizer que essa história só aconteceu comigo, mas sei que estaria mentindo. Isso é
tão comum quanto se apaixonar pelo melhor amigo, quanto querer um beijo do professor de
português, quanto sentir saudade do ex namorado num domingo à tarde.
Acontece.
Você se apaixona por um cara que aparentemente sente o mesmo por você; ele manda flores e você
cria borboletas. Tudo lindo. Até que em um belo dia ele acorda com vontade de nunca mais. Não
te liga. Não te atende. monosilabico. Sim. Não. Depois.
O segredo talvez seja nunca entregar o troféu. Não dizer eu te amo – sempre – primeiro. Deixar
claro que existem outros concorrentes, outras chances de ganhar. Que o jogo ainda não acabou.
Então amar é jogar um jogo? Não.
Fazer durar pra sempre é.

Mais uma vez.


Noite passada eu chorei por não saber o porque de tamanha vontade de chorar. De cansaço dormi entre soluços e me levantei no outro dia sem lembrar que calei horas antes meu despertador. Atrasada.
Tudo começou e acabou da mesma maneira: Eu, minha bolsa jogada no sofá e uma tela em branco.
Descobri que tenho medo de escrever. Medo de mexer no que está oculto e fazer acordar sentimentos internos que jurava ter engolido, digerido e cuspido – em centenas de lágrimas.
Mas eu preciso, esse é o meu trabalho.
Busquei na minha última lembrança uma gota de amor e me afoguei em pequenos sentimentos aumentados pelo tempo. Senti o que chamam de saudade e tentei convencer meu coração que ele deveria traduzir tudo aquilo para o meu cérebro em forma de palavras. De novo.
Dei um lindo fim para aquela história e terminei mais um texto de amor. Foi então que percebi que tudo aquilo não passavam de palavras imagináveis.
E então comecei a chorar por não ter mais motivos para chorar. De novo.

Atraem, distraem, contraem ?


Os opostos se atraem? Ou, como diria o Teatro Mágico, os opostos se distraem e os dispostos se atraem? Você acredita no amor entre duas pessoas completamente diferentes uma da outra? Imagine uma mulher dramática e desesperada e um homem sério e equilibrado. Eles dariam certos juntos por serem opostos ou a oposição só levaria brigas por serem muito diferentes? O clichê de opor-se para atraírem-se nos persegue e, inconscientemente, acreditamos que algo não deu certo porque as pessoas eram “parecidas demais”. Só que, contradizendo isso, se algo não dá certo entre pessoas diferentes, dizemos que não deu certo porque as pessoas eram “diferentes demais”. E agora? No que acreditar? Tudo parte de outro clichê: a química do casal. Temos várias maneiras de “medir” se essa química acontece ou não: o “speed dating” – encontro entre casais realizados por agências – proporciona o reconhecimento da pessoa amada em 3 minutos; já a ciência vai além: prova que isso é possível em 30 segundos! Pronto. Acabou. Já não basta a paixão ser tão complicada e ainda me mostram comprovações aparentemente absurdas para defini-la num curto espaço de tempo. Deixando de lado o racional, vamos ao emocional, que é o que realmente interessa. Você conhece um cara e rola aquela paixão à primeira vista. Você realmente se preocupa com o tempo que isso levou? O cara te chama pra sair. Você realmente se preocupa com o signo dele ou se a química entre vocês flui bem? O cara é completamente diferente de você. Você REALMENTE se preocupa se os opostos se atraem, distraem, contraem? Nessas horas, duvide do que a ciência, o presidente ou o papa dizem. Siga sua intuição e viva apaixonada todo dia. Seja uma paixão física, química, biológica ou filosófica. Seja uma paixão oposta ou igual. Seja qualquer definição. Que seja paixão.

16 novembro, 2010

Talvez, Não verdade.


Talvez quando você precisar de mim eu já tenha perdido a vontade de te ajudar. Quem sabe quando você lembrar que eu existo, eu já tenha esquecido você. E se por algum acaso você quiser me amar... talvez eu transforme esse amor em amizade. Talvez quando você sentir a minha falta eu já tenha um outro alguém que me queira tanto quanto eu te queria. E, se depois de tudo que eu escrevi, você continuar não entendendo que eu sofri por você, esqueça tudo que você leu. E se enquadre nestas 3 palavras:Você me perdeu...

10 novembro, 2010

Livros do coração..

- Diga-me uma coisa. Quem partiu seu coração com tanto raiva ?
- Vejo que sabe ler mais que livros.
- Sabe o que é bom dos corações partidos ?
Neguei
- É que só podem partir de verdade uma vez. O resto são apenas arranhões.
- Ponha isso no seu livro.
- Não sei quem é esse bobo, mas espero que saiba que é o homem mais feliz do mundo.
Eulalila sorriu com certa tristeza e fez que sim .

( O jogo do anjo - Carlos Ruiz Zafrón )

E naquele dia ela chorou,


Foi a primeira vez que ela chorou por ele. Não havia o que falar, simplesmente chorar. Não há porque discutir com algo que é tão evidente. Era tão perfeito, um tanto surreal, mas perfeito. E isso a assusta, a consome, a enlouquece. E se for errado ? Se for tão perfeito que não é real ? Já era tarde demais, já ela havia cometido seu maior erro, apaixonar-se. E se fosse tarde e tudo fosse mentira. Como ira suportar a dor .. Sem saber restou chorar mais. De tanto chorar seus olhos de castanho escuro , marcantes por sinal, passaram a pretos.
O coração acelerado, a mente não conseguia mais pensar, o coração doeu a primeira vez, NÃO, pensou ela , não poderia doer não agora, não tão rápido, o quarto dava voltas e mais voltas, as velhas ao lado da mesa iluminavam os cadernos e o relógio, 00:00, o coração volta a acelerar. Estava preste a ter uma parada cardíaca, então parou como se acabasse, como se morresse. A nostalgia veio, seguidas de melancolia e dor. Restaurara a consciência, começara a pensar na dor,mas tentava esquece-lá. Dentre muitos pensamentos lhe veio a cabeça um pequeno comentário de um grande amigo "Se tens um coração de ferro, bom proveito. O meu, fizeram-no de carne, e sangra todo dia." Sim o dela também era de carne.

05 novembro, 2010

Não serie apenas mais uma no tempo perdido .


Não sei dizer ao certo quanto tempo o esperei. Talvez a vida inteira. Talvez mais. Também, não sei quanto tempo ainda vou esperar. Seria pedir demais, pedir que tu não deixaste o tempo transformar essa coisa tão bonita em algo morno e cinzento? Tu só estas deixando o tempo passar? Oh meu querido, o tempo não passa. Nós é que passamos. São nossos relógios que fazem tic-tac, não o tempo. O tempo devora, vai devorando tudo. Parafraseando Cartola, diria que o tempo é um moinho, e sabe quem está no meio das engrenagens ? A gente. Não devia ter deixado que tu entrasse na minha vida. Mas, chegaste e não pude resistir. Foi de súbito e foi doce desistir. Agora, quero expulsar-te do meu peito e não consigo. Me perdi em tu, nesse seu jeito e nesses seus gestos, mas que contradição.. só me encontro em ti. Aí penso no tempo, e ele que me desculpe, mas ele não cura tudo. Não deixa que esse tempo todo me torne uma fotografia envelhecida na sua memória falha, tá?

Talvez a vida me ensine,



a não esperar tanto das pessoas para não me decepcionar, a dizer Não às vezes, pois isso é necessário, a não ser tão ingênua e confiar cegamente nos outros, a não desprezar quem me ama de verdade para não me arrepender depois, a acreditar que certas amizades são passageiras, a não me desvalorizar quando o amor que eu sentir por alguém não for correspondido, a não esperar o desespero para só então recorrer a Fé, a chorar quando for preciso pra que depois eu me sinta melhor, a não acreditar que as coisas podem ser perfeitas, pois elas nunca vão ser...

Talvez a vida me ensine a não esperar perder as pessoas que eu amo, para só então eu dar o devido valor que elas realmente mereciam.

29 outubro, 2010

Amiga falsa .!


Minha querida amiga falsa tu não faz idéia da enorme consideração que eu tenho por tu ! Alguém com tanto talento para mentir e se fingir de amiga merece não só a minha humilde consideração, mas também um óscar de melhor atriz. tua falsidade me comove. Que só de ti, me venha mágoa e dor, que só a tua voz me faça lembrar do quão falso é tudo isso.
Mesmo a felicidade falsa, enquanto dura é feliz, por isso digo-te sou feliz . Feliz por ter uma amiga tão falsa que chega a ser inevitável os comentarios. Drummond disse uma vez 'A dor é inevitável, o sofrimento é opcional' a dor um dia há de passar, tu irás junto querida amiga, e o sofrimento há de ir com ti, pois, afinal, a unica que sofrerá demais aqui és tu, minha querida amiga falsa.
Lhe entrego este obgrigada com orgulho de desejar a ti 'Morre com suas máscaras' ,pois um dia lembrará da sua ''amiga'' e verás que ela não queria o que tu desejava, mas hoje ela deseja em dobro !

26 outubro, 2010

Post especial para você.

O que fazer quando se quer falar e não tem ninguém para ouvir? Quando os amigos estão ocupados demais para te escutar? E mais uma vez, vou escrever, procuro lápis e papel escrever outra carta, que não vou te enviar.
Agora!
Restou o vazio!
Essa saudade, essa vontade de ter, o que eu não posso ter.
Que loucura!
Esse sofrimento, que se prolonga a cada toque do telefone,solidão que não passa.Fendas que nada pode preencher,vazio, que nada pode ocupar,quanta dor, até me confundo. Agora sei que o amor e a dor andam juntos. Lágrimas brotam do coração, e molham o meu rosto
Cada vez que sua lembrança vem em mim. Lágrimas que você não vê! Sofrimento que você não viu.
E agora me sinto tão abandonada, tão só. E você onde está? Certamente estás com outro alguém.
Alguém que não sei se será capaz de te amar como eu.
Quanta saudade!
Saudade de um sonho não sonhado, de um amor que existiu e não foi realizado,queria tanto ouvir sua voz novamente. Sua voz dizendo "fica comigo". Mas essas palavras são minhas. Na verdade eu estou aqui. Implorando por ti... Por um pouquinho de você. Não sei se realizarei os meus desejos de te ter outra vez. É, pelo menos em meus sonhos eu tenho você. Pensei em algumas coisas, para te dizer:
Por isso amor, vou me resumir: Eu ainda não te esqueci, mas não é por isso que deves afastaste de mim, pois eu sinto sua falta, falta daquilo que não foi e daquilo que best.

22 outubro, 2010

Medo .'

Este estranho medo de viver, advém de me sentir um ser imortal, e assim temo morrer sem querer, porque, vivo, sou feliz afinal.
Este estranho medo de morrer, advém de que me sinto um ser imortal, mas temo depois de morta sofrer ainda maior mal.
Mas se temo viver, e morrer temo, entrego-me, então , nas mãos do amor e duvido da minha morta vida imortal. Melhor será ,sim, amar de verdade, acreditar, sim, na felicidade.

13 outubro, 2010


Desenhando desenhos indistintos em um papel desbotado, criando formas inexistentes,
fazendo o tempo passar, querendo não pensar.


Inevitável.


Escorre as lágrimas, o sangue , o desejo, o tempo...




E cada ponto nervoso do corpo parece explodir de uma só vez, algo semelhante a agonia, cada terminação nervosa pulsando, são tantos, tantos os devaneios.


São tantos, tantos os receios, chega ao nível do medo.




E continuamente se esvaia e volta, me deixa louca. Acaba, volta ,mais forte , começa doer, dói, dói .. Dói ... É pulsante.




Finalmente esta acabando, e de repente volta a doer mais forte .. Nunca acaba !!


-Desconhecido por esta pensadora

Sinto algo por tu.


Não consigo explicar, mas é um sentimento que está dentro de mim. Quando olho para tu, penso que é tempo que estou a perder, mas ao mesmo tempo não consigo parar de olha-te e esquecer-te. Estou de luto pois te ter é quase impossível, é como tentar pegar fumaça com as mãos, por um breve segundo as tem e no segundo seguinte as perde. Quando penso em tu minha cabeça começa a girar, o meu coração a gritar, apesar da minha razão abafar seus gritos de amor, e neste momento me pergunto: o que tu fez para ser especial assim ? O que há em tu que não há em ninguém mais? Por que anseio em te ter a todo momento? É quase como sede enquanto não te tiver em minhas mãos não estarei satisfeita. Um dia jurei esquecer-te. Mas pelo pouco que vejo e por tudo que sinto este dia há de demorar, viveremos uma historia juntos por mais triste que seja, em algum dia eu irei saciar a minha sede..

Sonho de Hogwarts .



Eu tive um sonho muito retardado. Estava eu lá, no pátio de uma escola bem estranha, que ficava à beira de um rio e na outra margem tinha uma floresta. Eu caminhava com uma colega quando um grupo de garotos se aproximou. Eles usavam cachecóis verde e prata e uma capa preta com o emblema da Sonserina. Aí eu disse para minha colega: "Você já reparou que os nomes das Casas da nossa escola são Sonserina, Grifinória, Lufa-Lufa e Corvinal, igual no livro do Harry Potter?".

Eu era da Sonserina tambem.

10 outubro, 2010

Love is a problem ...


Eu já perdi as contas de quantas vezes eu disse que iria desistir de você, que não me importo mais com você, e que não te amo mais. Mas tudo isso é mentira, e nós dois sabemos disso. Por mais que eu tente eu não consigo deixar de te amar. Eu evito te encontrar, eu evito pensar em você, mas é tudo em vão. Eu fico te procurando por semanas, tentando ver você por alguns minutos somente mas sempre quando eu quero muito te ver eu não te vejo. Aí eu falo que vou desistir de você, e você aparece. Talvez seja o destino, me mostrando que não devo desistir de você, mas e se for? Vai adiantar eu ficar lutando por você, sem que você sinta nada por mim? Nós dois precisamos sentir o mesmo sentimento, não basta eu te ver e você sorrir com o seu sorriso que é capaz de iluminar uma cidade inteira e ir embora, eu preciso de mais. Eu quero mais.

Já chega ..



Cansei de ser tratada como diferente, por não estar no padrão. Cansei de ser e agir como uma pessoa madura, que não sou. Cansei de mentir pra mim, pra ver se dói menos. Cansei de ver pessoas incomodadas com minha felicidade. Cansei de chorar e levantar indisposta com olhos inchados. Cansei da mesmice, da rotina. Cansei de ouvir mais e falar menos. Cansei de acalmar minha ira, para não ofender. Cansei de proteger,defender e não ser correspondida. Cansei de sorrir, ser gentil, para parecer mais educada. Cansei de tolerar o intolerável. Cansei de expressar meus sentimentos, apenas escrevendo.

09 outubro, 2010

The end ..



Miseravelmente sozinha, arrependida das escolhas que não voltam para trás miserável, infeliz, desamparada, procuro aquele fim que tardo em ter coragem para concretizar afinal que sentido tem esta minha vida? Porquê a tristeza teima em entrar? Não deixo nada para trás de mim, refugio-me na magia do infinito,e desapareço sem ser notada...Não faço falta. Nada,sinto um vazio,é o fim .

08 outubro, 2010

Imagine...



Imagine se um dia eu não acordar. Quem vai puxar assunto com você? Quem vai mentir que você é legal? Imagine se um dia eu morrer. Você iria se arrepender de não ter dito tudo o que eu queria saber e eu vou morrer sem nunca saber se você, no fundo, me amava?
Você choraria? Se lamentaria?
Talvez um dia você vai se perguntar onde esta aquela garota que gostava de chorar? Talvez ela não gostasse de chorar, talvez ela gostasse de você.
Você sabe o que é foda? Foda é ouvir uma musica e lembrar de você. Foda, é amar e não ser amado, é ter que esperar sabendo que não vira. Foda, é chorar por você, é estar no meio da multidão e se sentir sozinho. Foda, é ter o máximo de esperança quando não se há menor possibilidade. Mas de todas as coisas a mais foda é a possibilidade de eu não acordar e você, ainda sim, não chorar por mim.

Te amei assim..



Te amei mesmo quando todos diziam que eu era idiota. Te amei mesmo quando por segundos te odiava. Te amei mesmo sabendo que você não era a pessoa certa para mim. Te amei acima de todas as coisas, coloquei você como prioridade na minha vida. Te amei até me arrepender de ter te amado assim.


04 outubro, 2010



Acordando eu vejo que tudo está bem. Pela primeira vez na minha vida e agora é tão grande.
Eu olho em volta e eu estou tão maravilhada eu penso nas pequenas coisas que tornam a vida grande eu não mudaria nada sobre isto. Este é o melhor sentimento que posso encontrar em um lugar tão seguro, sem uma única lágrima.Pela primeira vez na minha vida e agora está tão claro. Sinta a calma que eu pertenço, eu estou tão feliz aqui. É tão forte e agora eu me deixo ser sincera. Eu não mudaria nada sobre isso. Esta é a melhor sensação. É o estado de felicidade que você acha que está sonhando é a felicidade interior que você está sentindo. É tão bonito que faz você querer chorar.